Sabrina Carpenter Brasil

Sejam bem-vindos ao Troian Bellisario Brasil! A sua primeira, maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz Troian Bellisario no Brasil, conhecida pelo seu papel na série "Pretty Little Liars" como Spencer Hastings. Navegue pelos menus acima e sinta-se em casa!
09.05.2017

[Fotos+Entrevista Traduzida] Troian para a Coveteur

Durante sua passagem em NY para a inauguração da nova loja da Rituals, Troian concedeu uma entrevista para a Coveteur, onde falou sobre rotina de beleza, o fim de PLL e mais. Confira abaixo traduzido:

Não é fácil conseguir uma pele invejável e suave e – isso sabemos. Mas Troian Bellisario de alguma forma conseguiu fazer o impossível. Se você sabe alguma coisa sobre estar na frente de várias lâmpadas de flash e TVs 4K, é necessário mais que uma camada comum de maquiagem e a necessidade de uma pele saudável vem com o trabalho. E por isso quando encontramos a atriz na loja da Rituals, e ela parecia tão impecável ao vivo como ela parece na tela, nós imediatamente queríamos saber tudo. Ela estava lavando o rosto com mais do que um limpador (estamos fazendo tudo errado?)? Qual era sua rotina diária e noturna? Felizmente, ela respondeu nosso incessante questionamento, nos levando ao seu dia-a-dia, e também como ela está lidando com estas últimas semanas de PLL.

Porque ela não lava seu rosto de manhã:

“Eu li que quando você dorme, muitos dos bons e naturais óleos saem da sua pele, e você não quer acordar e lavá-los imediatamente, porque sua pele vai ficar muito seca. Então quando eu acordo de manhã, eu literalmente respingo água fria no meu rosto e coloco um hidratante com protetor solar. Então, vou para o trabalho e eu não tenho dormido bem, eu uso os Skyn Eye Pads, para acalmar meus olhos, mas geralmente, é um hidratante, um creme, e estou pronta. As manhãs são muito fáceis.”

O truque para a noite que ela usa desde que tinha 16 anos:

“Se eu estava trabalhando no dia, de noite eu uso um limpador de maquiagem para tirar a maquiagem e tento usar máscara. Às vezes, eu faço uma máscara de carvão, então eu lavo e faço uma máscara hidratante ou uma exfoliante. Geralmente, eu coloco um óleo para dormir e creme para os olhos. Minha mãe colocou isso em mim – acho que ela me fez começar a usar creme para os olhos quando eu tinha 16 anos. Se você usa quando não precisa, se torna um hábito e vai ficar sempre hidratado.”

Seu produto favorito da Rituals:

“A espuma de banho é incrível. Eu sinto que eu sou uma criança de novo porque quando você coloca, assim que entra em contato com qualquer umidade, se transforma nessa espuma bonita que tem um cheiro muito bom. Eu também aprendi que você pode se depilar com ela. Então é uma lavagem corporal, creme depilatório e é bom porque não seca sua pele.”

A parte de sua rotina de beleza que não mudou ao longo dos anos:

“Eu diria que definitivamente é o creme para olhos… E minha incapacidade de tirar toda minha maquiagem. Por mais que eu diga que eu tiro, eu vou pra PLL e a Rebecca [maquiadora da série], me diz, ‘Você ainda tem delineador.’ E eu fico, como?! Como perdi isso?! Eu não entendo. Então ela passa cinco minutos tirando minha maquiagem.”

Seu truque para tirar excesso de maquiagem nos olhos:

“Cotonete! Que também, descobrimos que não é para ser usado no ouvido. Eu sei que isso acontece, e eu sei porque eu estava em um banheiro e eu tenho certeza que ouvi Jessica Alba falando sobre isso com alguém. Ela falava, ‘Você ouviu que eles não estão legalmente autorizados a te dizer para colocar cotonetes em seu ouvido, porque você não deveria por?’ Então, cotonetes são apenas para tirar maquiagem dos olhos… Em Troian Bellisario.”

A parte de sua rotina de belez que mudou com os anos:

“Quando eu era adolescente, eu lavava meu rosto o tempo todo. E é claro, minha pele surtou. Então eu estava aprendendo coisas que se você lavar seu rosto antes de dormir, e estiver hidratado, certifique-se de tirar o excesso de óleos com uma toalha morna. Não atacar minha pele, as para deixar passar o que precisa.”

Como é o sentimento de PLL estar chegando ao fim:

“É definitivamente estranho. Eu ia assistir todos os episódios e twittar ao vivo, e então eu descobri, na verdade, que twittar era difícil porque eu queria assistir o episódio. Depois disso, só terão mais sete episódios, e depois seis, e aí cinco. Por mais que eu ame falar com os fãs, eu prefiro pegar o tempo para experienciar enquanto chega ao fim. Estou tentando tirar um dia de cada vez e estar presente para o fechamento desse capítulo, porque minha mente só quer pular para a finale. Eu quero sair e falar com os fãs sobre – ‘O que você achou? Você esperava?’ Blá, blá, blá. E eu realmente não quero fazer isso, respirar e aproveitar o momento na minha vida.”

Sobre a luta de estar presente:

“É muito difícil estar presente, especialmente com esses computadores que carregamos em nossas mãos. Eu sei que somos muito bons em multitarefa, mas agora multitarefa está em outro nível. Você tem que ter oito diferentes conversas ao mesmo tempo, enquanto posta sua vida e o último burrito que você comeu, e também comprar roupas online e trabalhar com essa ótima fundação que está fazendo isso. Quando você tem um computador em seu bolso, você deveria ser capaz de fazer todas essas coisas. Mas mentalmente, eu não acho que alcançamos os poderes dos computadores.”

Fonte: Coveteur

Troian também fez uma sessão de fotos para essa entrevista, confira em nossa galeria nas miniaturas abaixo:

troiancoveteur-001.jpg troiancoveteur-004.jpg troiancoveteur-003.jpg

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas, Galeria, Photoshoot
05.05.2017

Racked: Troian Bellisario prefere usar as roupas de sua mãe

Troian concedeu uma entrevista para a Racked ontem durante sua passagem pela abertura da loja da Rituals em New York City. Confira traduzida abaixo:

Por uma grande parte de uma década, Troian Bellisario interpretou Spencer Hastings em Pretty Little Liars, agora na sétima (e final) temporada. E enquanto o estilo pessoal da atriz não poderia ser mais diferente de seu alter ego da televisão – Bellisario se inclina para o boêmio, enquanto Spencer é toda abotoada – as duas tem muito em comum, particularmente sua eloquência e pragmatismo.

Essa abordagem sensata informa a maneira como Bellisario faz compras – e economiza. Uma gastadora cuidadosa por natureza, ela admira o artesanato de roupas de grife, mas prefere comprá-las de segunda mão (apesar do fato que ela poderia apenas ligar e pedir favores de grandes marcas) ou invadir o armário de sua mãe para tesouros vintages. Ela é igualmente prática quando se trata de rotina de beleza, ficando apenas em um regime de vários passos de cuidados com a pele. Abaixo, Bellisario se abre sobre suas fraquezas nas compras, sua peã vitage mais apreciada e a estrela de PLL pensa que está em “um outro nível”, em seu estilo.

Conte-me sobre sua estratégia típica de compras.

Então aí vai: eu sou uma péssima compradora – eu sou terrível nisso. Eu vou vestir as roupas até ficarem destruídas. Eu tive essa mochila Nine West que eu ganhei, e tinha essa gigante mancha atrás. Onde eu ia, as pessoas ficavam tipo, “Me perdoe, acho que algo está vazando da sua mochila.” Finalmente, meu marido pegou de mim e jogou fora. Mas eu não queria sair e achar uma nova mochila!

Eu sinto que cada vez que vejo algo em uma loja e experimento, eu fico imediatamente, “Isso não parece eu.” É por isso que eu amo pegar roupas emprestadas dos meus amigos, ou pegando roupas da minha mãe – essas roupas que já vi antes, várias e várias vezes. É muito raro que eu estarei andando na rua, vejo algo em uma janela e fico, “Preciso ter isso.”

Normalmente eu entro na loja, experimento muitas coisas, e falo comigo mesma. Eu me digo, se você realmente quer isso, você vai voltar para pegar. [É por isso] que eu gosto de deixar as coisas na espera e voltar por elas um ou dois dias depois, assim você tem tempo para pensar. Porque às vezes, você só estava com fome e delirante e não tem nenhuma chance de usar aquele kimono floral laranja, sabe o que eu quero dizer?

Em geral, eu tendo a ir nas minhas lojas favoritas várias vezes, porque eu já sei que elas tem a minha vibe. Rag & Bone, AllSaints, Vince – eu sei que sempre posso achar algo parecido comigo. E eu sempre entro na RRL, mesmo que eu saia de mãos vazias às vezes. Tipo, talvez eu não compre essas calças do século 18, mas eu vou definitivamente experimentá-las!

E sobre sua rotina de beleza? Você é leal as mesmas marcas?

Eu sempre tendo a lavar meu rosto com os produtos da Clarin; eu uso o limpador, exfoliante e toner. É uma boa linha. Eu também gosto da Origins – e Rituals é uma ótima linha também. A filosofia por trás dos produtos deles é que eles se baseiam em rituais de culturas antigas, então quando você usa tudo junto, você recria esses rituais em casa.

É uma abordagem diferente, digamos, usar uma máscara facial e tirar depois de 10 minutos – por mais que eu ame usar máscaras, especialmente máscaras de folha! Mas te encoraja a deixar um pouco mais de tempo, mesmo que você esteja no chuveiro ou na pia. E eu acho que beleza e cuidados com a pele, investir em um tempo extra pode fazer toda a diferença.

Você gosta de comprar online?

Eu nunca fui boa em comprar online. Quer dizer, meu carrinho no Free People é insano – eu tenho milhares de dólares valendo coisas lá – mas é muito raro que eu realmente compre algo. Eu estou sempre adicionando coisas, e eu gosto de usar como inspiração. Dessa forma, se algo surgir, como um casamento de uma amiga, ou férias – eu fico, “Oh, eu sei de algo que seria perfeito para isso!”

Você costuma gravitar entre peças de grife ou não?

Eu queria poder comprar roupas de grife, mas não posso. Quando olho para alguns dos preços, eles me fazem querer vomitar. Eu amo roupas de grife, mas não poderia pagar esse tipo de valor.

Promoções meio que me deixam em pânico, mas eu amo achar um bom negócio em alguma coisa. Eu recentemente consegui uma compra consignada – estou obcecada. Tem uma loja em particular em Toronto, VSP, que eu amo. Eles tem Stella McCartney, Alexander McQueen – todas essas roupas insanamente bonitas. E você acha um suéter por 250 dólares que seria, 800 ou 1000 dólares em uma loja original.

Eu posso justificar comprar um suéter de caxemira por 250 dólares porque eu sei que usarei até ficar cheio de furos e cair de mim. Mas não me sinto confortável pagando o valor normal. Eu sinto que eu deveria gastar meu dinheiro de uma maneira melhor. Além disso, tem uma grande emoção de comprar uma jaqueta Burberry por um valor ridiculamente ótimo.

Qual o melhor negócio que você fez?

Na verdade, uma vez achei um sobretudo masculino da Burberry dos anos 70 por 40 dólares em um mercado de pulgas – foi um achado incrível, e eu usei até a morte.

Qual o melhor presente que você já recebeu?

Oh, esse lindo suéter da Ralph Lauren que meu marido comprou para mim como presente de casamento. É minha coisa favorita no mundo.

E sobre algo que você gostaria de ter comprado mas não comprou?

Então, eu realmente queria um par dessas botas Balenciaga que todos estavam obcecados – a preta com fivelas. Eu sabia que eu não podia gastar meu dinheiro nelas, especialmente porque eu já tenho muitas botas. Mas achei um par marcado por 600 dólares nessa loja – e, tipo, é o preço normal por uma bota muito boa! Mas tinha só um par sobrando, e não era do meu tamanho. Foi a pior coisa.

Botas são sua fraqueza de compras?

Elas são minha obsessão, especialmente botas pretas. Eu tenho muitas delas. E eu tenho muitos casacos. Mas aqui está uma coisa: eu poderia colocar os mesmos jeans e camisetas que eu uso no dia a dia por baixo, mas se eu tenho um bom casaco que eu amo, ninguém sabe!

Mais cedo, você mencionou que ama pegar emprestado peças da sua mãe. Alguma favorita?

O closet da minha mãe sempre vem sendo uma grande inspiração para mim. Eu costumava amar ver ela se vestir, e eu dizia, “Guarde esse vestido para mim, porque vou usá-lo quando for mais velha!”

De qualquer forma, quando eu era adolescente e tudo dos anos 60 e 70 estavam na moda, ela fez essa coisa engraçada: Um dia, ela decidiu jogar fora todas as coisas dos anos 60 fota. Ela só manteve as coisas dos anos 80 e 90. Eu fiquei meio, “Os anos 80 e 90 nunca voltarão a moda, o que você fez?!” É claro, que hoje estou meio, “Eu vou pegar emprestado esse vestido Calvin Klein e esse terno da Armani, muito obrigada!”

Mas minhas coisas favoritas da minha mãe são suas antigas botas de montaria, que eu amo e uso o tempo todo, e seus vestidos de maternidade, que tem esse tipo de silhueta triangular. Ela tem um branco, outro laranja, e outro com listras. São dos anos 80, mas parece muito anos 60. Eles fazem eu me sentir como a Twiggy!

Você está em Pretty Little Liars por sete anos. Você já percebeu que está se vestindo mais como Spencer enquanto o tempo passava, ou vice e versa?

Definitivamente. Spencer era super preparada no início da série – os coletes, as meias altas – mas conforme ela começou a crescer, começamos a crescer juntas. Nossa figurinista começou a me deixar transformar Spencer e deixar ela um pouco mais punk. Não para torná-la boêmia, apenas mais solta e um pouco mais desfeita.

E Spencer influenciou minha habilidade de me vestir também. Eu me sinto mais confortável em uma calça jeans rasgada e uma camiseta, e ela me ensinou isso, sabe, é bom usar uma saia lápis de vez em quando!

Se você pudesse trocar de closet com qualquer uma de suas colegas de elenco de PLL, quem seria?

É um impasse entre o da Ashley e da Lucy. Ambas tem um ótimo estilo, e sempre invejo as coisas delas quando vejo, mesmo que seja apenas para passar o tempo. Ashley sempre tem umas peças divertidas; tipo, ela usa calças de yoga com uma blusa branca, mas com uma jaqueta de cetim com uma frase divertida nela.

Não é que eu não ame o jeito que a Shay se veste, é só que eu nunca conseguiria usar as coisas que ela usa. Shay está em outro nível, e eu não nem quero chegar a esse nível, porque eu não posso! Ela precisa ocupar esse nível sem qualquer tipo de concorrência.

Ok, e se pudesse trocar de closet com qualquer personagem de PLL?

Eu amo guarda roupa da Spencer, e eu amo algumas coisas da Aria – mas eu provavelmente trocaria com a Emily, porque ela sempre tem as coisas casuais mais legais. É tudo realmente confortável, mas é claro que Shay faz parecer incrível, porque ela é a Shay.

Fonte: Racked

Publicado por   |   Armazenada em: Aparições, Beleza, Entrevistas
05.05.2017

Troian concede entrevista a Allure Magazine

Durante sua passagem pela inauguração da nova loja da Rituals em NY, Troian concedeu uma pequena entrevista a Allure Magazine via Instagram Stories. Confira abaixo traduzido:

Qual sua rotina de beleza para a pele durante para a noite?

Minha rotina de cuidados com a pele para a noite, eu tiro toda a minha maquiagem, eu uso máscara facial em folha, Rituals tem umas máscaras muito boas que tem hidratante. Eu uso esfoliante e creme para os olhos.
Qual o melhor conselho de beleza que você já recebeu?

Ok, meu melhor conselho de beleza é… Respire e pense sobre algo que você ama em si mesmo. Não tente mudar nada, não coloque nada. Confiante é a coisa mais bonita que você pode ser.
Quais são as chaves para uma boa pele?

Meu melhor conselho de beleza é usar muito creme para os olhos e beber muita água.
Como você descontrai depois de um longo dia?

Eu gosto de descontrair indo para casa, acendendo uma vela e eu… Medito. Eu sento… No momento estou conseguindo por 25 minutos.
Você está feliz em com Pretty Little Liars terminou?

Sim, estou muito feliz sobre como acabou. Eu mal posso esperar para os fãs assistirem o fim. Acho que ficarão felizes junto comigo!
O que você mais sente falta sobre estar na série?

O que eu sinto mais falta na série é a família, eu sinto falta de ir para o trabalho e ver as lindas mulheres e homens que passei os últimos 7 anos.

 

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas, Eventos
05.05.2017

Troian comparece na inauguração da loja Rituals em NYC

Na tarde de ontem, Troian esteve na abertura da nova loja da Rituals, que aconteceu em New York City. Ela fez uma sessão de Meet & Greet com 50 fãs e depois foi para uma estação de NY para uma sessão de Yoga. Confira abaixo as fotos do evento em HQ em nossa galeria:

MS378228.JPG MS378237.JPG MS378240.JPG

Troian também fez uma live no Facebook oficial da Rituals, confira abaixo legendada pela nossa equipe:

10.04.2017

Troian compartilha seus pensamentos sobre ativismo, PLL e beleza

Troian concedeu uma entrevista para a Teen Vogue durante sua participação no evento do Burt’s Bees na última sexta. Confira a matéria traduzida abaixo:

Se você é um dos 9,6 milhões de seguidores de Troian Bellisario no Instagram, você sabe que a atriz usa sua plataforma para comunicar mais que os bastidores de sua vida. Durante o curso de sua carreira como Spencer Hastings em PLL – e além – ela vem sendo aberta sobre a importância do ativismo, usando seu poder para engajar os fãs em assuntos, variando de ambientalismo para política. Os que já viram o feed dela antes já estão familiarizados com sua dedicação ao planeta, então não foi surpresa quando ouvimos que ela estava virando co-embaixadora da campanha Bring Back The Bees do Burt’s Bees. Como ela explicou para nós noite passada, a campanha oferece um jeito fácil de ajudar o rápido declínio da população de abelhas (especialmente se preocupando com o grande impacto na biodiversidade, segurança dos alimentos e uso de terra sustentável).

Agora, Troian e Burt’s Bees estão juntos para ajudar você a fazer uma ação. Quem quiser participar pode comprar um protetor labial ou criar uma #SelflessSelfie no selflessselfie.burtsbees.com e compartilhar nas redes sociais. Para cada compra feita ou selfie criada, a fundação Burt’s Bees vai plantar 5 mil flores para as abelhas – um grande passo que você pode tornar realidade com algo simples como o toque de um botão. Como Troian disse, é um jeito fácil de contribuir. Leia para saber porque ativismo importa para ela, o inesperado (relacionado a tatuagem) jeito que ela fica em contato com seus colegas de PLL, e os segredos de beleza que ela jura usar.

Teen Vogue: Como atriz e ambientalista ativista, o que significa pra você ter uma plataforma e quais mensagens você procura passar?
Troian Bellisario: No momento, estou tentando passar o que eu me sinto imediatamente conectada. Eu sou muito abençoada de ter uma conexão com tantas pessoas pelos meus fãs, e muitos dos meus fãs são ativos no ambientalismo e politicamente. Eu venho trabalhando com o Burt’s Bees por dois anos e eu acho que eles estão fazendo um ótimo trabalho. Vem sendo uma causa fácil de apoiar, especialmente a campanha Bring Back The Bees, porque eles deixam tão simples de ajudar. Eu faço o que eu posso – eu descobri esse projeto essa manhã chamado NuDay Syria. Eu estava procurando maneiras de enviar alívio para os refugiados e sobreviventes do ataque na Syria, e quando achei esse, eu tentei colocar o máximo de peso nisso que eu pude. Se você pode fazer algo, então faça algo. Se você pode doar dinheiro, doe. Se você pode dar retweet, isso ajuda – ajuda as pessoas a ficarem cientes da situação.

TV: Como co-embaixadora da campanha Bring Back The Bees, o que você quer que os fãs aprendam com isso?
TB: Sabe, vivemos em uma sociedade onde é fácil se esconder atrás de uma tela. É fácil ver que tem um problema ou ver que algo assustador está acontecendo – como a queda de 44% das abelhas de mel em apenas um ano. E nós meio que olhando e falamos, “Oh meu Deus, isso é terrível, mas também tem essas outras notícias que eu vejo. Estou pensando sobre, mas sério, o que mais posso fazer?” A razão pela qual eu amo a campanha Bring Back The Bees é que o Burt’s Bees não está só comprometido a aumentar a sensibilização do problema, mas também dando a você um jeito fácil de contribuir. Se você quer comprar um protetor labial, você tem um ótimo produto e pode dar algo em troca. Se você não quer gastar dinheiro, então tudo que você precisa fazer é tirar o que eles estão chamando de “selfless selfie” e eles vão plantar 5 mil flores, que atua como comida para manter a população de abelhas e faz um impacto no meio ambiente. Acho que eu realmente amo essa campanha de uma maneira particular porque é tão fácil de ajudar.

TV: Você é claramente familiarizada com a marca, então de um ângulo de beleza, você tem algum produto favorito deles?
TB: Tantos! Eu estou sempre brincando, mas é muito verdade que eu sempre tenho um protetor labial do Burt’s Bees no bolso ou na bolsa – ou quando eu estava no ensino médio, estava sempre em minha mochila. Eu nunca estou sem protetor labial. O Hand Salve deles realmente me salvaram esse inverno – é muito bom. O ar está secando e sua pele quebra e é impossível de hidratar, mas o produto deles salva as mãos e está ótimo para mim.

TV: Somos grandes fãs do seu Intagram e notamos que você vem viajando muito ultimamente. Você tem algum produto de beleza essencial que você leva para as viagens?
TB: Máscaras faciais! Sempre que você está voando, sua pele fica desidratada, então eu sempre tento levar várias. Eu sei que nem sempre eu tenho tempo de fazer um tratamento facial, então ajuda eu levar elas. Além disso, elas fazem você ficar assustadora de manhã – é meio que Psicopata Americano. Eu amo máscaras ou qualquer coisa que tenha base de argila.

TV: Como você descreveria seu estilo de beleza por trás das câmeras? Como você muda de red carpetes para grandes eventos como seu casamento?
TB: Eu definitivamente troco. Spencer em particular tinha um look de maquiagem muito específico. Quando eu saio em público como eu mesma, eu tento ser um pouco mais punk rock com os olhos ou tento um batom ousado. É divertido tentar coisas diferentes, e eu trabalho com maquiadores e cabelereiros muito talentosos que estão sempre querendo tentar algo fora da caixa comigo. É divertido ter um motivo para me arrumar.

TV: Conversamos com algumas das suas colegas de PLL sobre suas rotinas de beleza antes, e parece que vocês trocaram algumas dicas e truques. Quais são algumas das melhores dicas de beleza que elas te ensinaram e vice e versa?
TB: Oh meu Deus, eu definitivamente não ensinei nada a elas! Isso é 100% verdade. Shay me ensinou um tempo atrás como usar um baby liss para fazer ondas praianas no cabelo, e é praticamente só o que eu faço com meu cabelo. Eu não tenho esperanças quando se trata disso, e Shay sempre me diz, por causa do seu canal no YouTube, “Eu vou fazer uma série onde farei sua maquiagem. Irei contornar seu rosto e fazer tudo que eu faço, e vamos ver como fica.” E eu fico tipo, “Ok, será estranho… Mas vamos tentar.” Quer dizer, as ondas praianas que eu tenho prática eu agradeço a ela.

TV: Falando de cabelo, vimos que você cortou muito do seu um tempo atrás! O que te levou a fazer isso e como você se sentiu?
TB: Eu sempre tive cabelo comprido – eu costumava ter abaixo dos meus joelhos – eu cortei uma vez quando estava no jardim de infância dos meus joelhos para a altura das minhas orelhas. Minha melhor amiga na época basicamente me disse que eu parecia um menino, então eu fiquei assustada e nunca mais cortei de novo. A coisa engraçada foi, eu estava em uma série onde eu não podia cortar ou pintar o cabelo, porque eles sempre quiseram que a Spencer tivesse o mesmo look. Depois de 7 anos de pessoas dizendo que você tem que usar o cabelo de uma certa maneira, você meio que quer ser rebelde. Eu sabia que não queria surtar porque eu fiz uma mudança drástica, então eu cortei abaixo dos meus ombros. Mas desde que fiz isso, eu sinto que quero continuar experimentando cortando mais curto e pintar. É legal ter liberdade agora, pela primeira vez em minha vida, poder fazer isso.

TV: Tem algum cabelo em particular que você queira tentar?
TB: Eu definitivamente quero tentar uma cor diferente, mas não sei qual ainda. Eu não quero parecer louca e eu sei que tem algumas cores de cabelo que não vão ficar boas em mim, mas estou disposta a experimentar.

TV: Outra coisa que vimos em seu Instagram foi quando você e o elenco de PLL fizeram essas tatuagens combinando – e quebraram a internet. Como vocês decidiram o design? Tem mais tatuagens que você queria fazer?
TB: Essa não foi minha primeira tatuagem e eu definitivamente quero fazer mais. Para essa particularmente, todos estavam nos perguntando, “Quem é A?” Até nossas cartas de fã vinham com assinatura de A. Achei que seria legal se fizéssemos as iniciais de nossas personagens, então invés de A, seria H de Hanna ou E de Emily. Para encorajar todas a fazer eu disse, “Ok, todas vamos fazer tatuagens, mas para todas fazerem e ninguém sair, você pode escolher onde fazer”. Todas iríamos fazer elas em partes diferentes do corpo, e então do nada, enquanto estávamos a caminho, Ashley disse, “Na verdade, eu farei a minha no meu dedo, então quando eu fizer o ‘shh’, você pode vê-la”. De primeira, todas ficamos meio, “Isso é tão brega”, porque nesse ponto, depois de sete anos, todas odiamos fazer a cara de ‘shh’. É a coisa mais irritante! E então, a coisa divertida sobre isso foi que ficamos, “Isso é tão brega… espere, isso é perfeito”. Se todas pudermos fazer, vamos acabar com esse gesto. Agora, cada vez que os fãs nos pedem para fazermos essa cara, é um momento fofo porque eu sei que todas compartilhamos essa marca. Acabou sendo uma ideia pateta que se tornou muito sentimental.

Fonte: Teen Vogue

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas
30.03.2017

Troian concede entrevista para a Origins

Recentemente, Troian concedeu uma entrevista para a Origins, marca de produtos naturais. Troian esteve presente da inauguração de uma das lojas da marca em novembro do ano passado. Confira a entrevista traduzida abaixo:

A atriz, escritora e diretora, que foi Spencer Hastings em 7 temporadas da insanamente viciante Pretty Little Liars, fala sobre perfeição, o planeta e sobre seguir os conselhos da sua mãe.

Na série, você costuma manter segredos. O que não é um mistério, entretanto, você é uma ecologista comprometida. O que cintilou sua paixão pelo planeta?
É muito simples: eu não sei como qualquer humano consegue não se importar com a Terra. Essa é nossa casa. Esse é o ar que nós respiramos; a água que tomamos. Precisamos cuidar do planeta enquanto ele cuida de nós.

Qual o conselho simples (leia: fácil) que você dá as pessoas que querem se envolver com a causa?
Eu venho andando muito de bicicleta recentemente. Vem sendo divertido e é um jeito legal de sair e ver mais da minha cidade e as cidades que eu estou visitando. E quando eu cozinho para os meus amigos, eu tento comprar de algum mercado de algum agricultor local e poder conhecer como o fazendeiro cria as galinhas e vacas. Desse jeito, o jantar se torna mais especial já que estou compartilhando um produto que não foi feito em uma fábrica.

Ter uma refeição com amigos é como vários de nós descrevemos um dia perfeito. O que faz um dia perfeito para você?
Eu amo mexer o corpo e estar ao ar livre. Então uma caminhada ou corrida ou apenas legar meu cachorro para fora para caminhar, para mim, é a parte chave de um lindo dia. Eu também amo perder minhas inibições em uma aula de dança. É uma liberação perfeita de stress. Qualquer problema com o corpo ou negatividade que eu tenho com meu corpo parece que se desfaz. Eu venho tentando ter o hábito de meditação diária. Eu venho sendo abençoada com uma vida movimentada, então tirando 10 minutos para ficar quieta e calma é a chave. Eu uso um aplicativo de meditação, na verdade.

E sobre seu mundo perfeito? O que inclui?
Muita empatia. Ter certeza que todo mundo tem um lugar na mesa e é representado, não importa qual a raça, gênero ou orientação sexual. Esse é meu mundo perfeito. Eu acredito que se todos nos levantarmos uns aos outros, aproveitaríamos mais.

É claro, a vida não é sobre ser perfeito. Qual a imperfeição favorita sobre você?
Acho que experienciar emoções é muito, muito importante, então minhas imperfeições favoritas sobre mim é que eu nunca vou deixar passar um bom choro ou um bom grito dentro do carro. É crucial não encobrir essas coisas e guardar dentro e você, eu prefiro deixá-las sair.

Eu sou uma mulher, me ouça rugir, certo? Quais são as coisas essenciais para enfrentar o dia?
Definitivamente café. Eu tenho um em minha mão agora. Eu gostaria de confiar menos no meu iPhone, mas é tudo – meu centro de músicas, onde eu escrevo minhas ideias. Eu também tenho um lindo caderno onde eu escrevo meus pensamentos, ideias e poemas. Eu acho que tirar as coisas da minha cabeça e escrevê-las é um jeito efetivo de enfrentar o dia. Caso contrário, eu fico presa em minha cabeça.

Todos já passamos por isso. Apesar do estresse que você passa, sua pele parece sempre ótima. O segredo, por favor.
Eu realmente amo muitos dos produtos da Origins! Eu sou uma pessoa da máscara facial porque eu adoraria usar elas todo o tempo, mas eu não posso. Eu amo colocar a “Original Skin Retexturizing Mask” e fazer uma meditação enquanto seca. Você tira e sente que apertou um botão de reset na sua pele.

E protetor solar? Você gosta?
Um fator comum é que todas os meus hidratantes faciais tem protetor solar. Eu não uso muita maquiagem, mas eu cuido para que todo hidratante que eu passe tenha protetor solar. É importante. Agora eu estou amando o novo “A Perfect World SPF 40 Moisturizer” da Origins. Tem a proteção que eu quero, mas sem sentir ou cheirar como um protetor solar.

Qual a coisa que você absolutamente precisa fazer para sua pele?
Lavar meu rosto antes de ir para a cama de noite. Eu preciso. Eu não gosto da sensação de ir dormir com o dia ainda na minha cara, sendo maquiagem ou poluição, então eu tiro um tempo para limpar e colocar um pouco de hidratante e creme noturno para olhos.

Ah, então você é uma usuária comprometida do creme para olhos? Nem todo mundo é.
Minha mãe me ensinou isso quando eu era muito jovem. Se você faz isso agora, então não precisa se preocupar quando você ficar mais velha – é meio que um hábito. Origins veio com o primeiro creme para olhos com protetor solar. É 100% mineral então eu não preciso me preocupar sobre me dar irritação. Amo isso.

Além de usar creme para olhos, qual o lema da sua vida?
Uma coisa de cada vez, Troian.

Fonte: Origins

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas
22.12.2016

“A maior luta diária é ter a certeza de manter uma dieta saudável” Troian para a New York Magazine

Troian conversou com a New York Magazine, para a sessão “The Cut” mês passado durante sua participação da inauguração da loja Origins. Confira a entrevista traduzido abaixo:

Foram semanas loucas para Troian Bellisario. Ela não só terminou de filmar Pretty Little Liars como Spencer Hastings – uma mulher que vem sendo aterrorizada por uma pessoa que se denomina “A” (e depois, “Uber A”) – mas ela também se casou o ator de Suits, Patrick J. Adams em um fim de semana bohemio com tema de acampamento. O The Cut conversou com Bellisario rapidamente antes do casamento para conversar sobre a vida no set, sua parceria com a Origins e achar um tempo para dormir.

Bem estar, para mim, é: Cuidar de si mesma e escutar seu corpo. É uma batalha constante, eu acho, porque temos um mundo cheio de prazos, alarmes, restrições de tempo, e pequenos dispositivos em nossas mãos que nos dizem onde ir e quando estar lá. Mas bem estar é realmente acalmar essa estimulação exterior e tentar escutar seu próprio corpo sobre o que isso significa.

Como eu começo minhas manhãs: O que eu quero fazer é levantar e ir imediatamente em direção ao café, mas o que eu tento me dizer para fazer é levantar e tomar uma água quente ou água com limão. Então eu saio para uma corrida, e quando volto eu tento me fixar em um bom café da manhã – e aí tomo meu café e eu não estou enlouquecida durante o dia.

Sobre o bem estar enquanto filmo PLL: Gravar uma série por nove meses do ano, sete anos seguidos, tira muito de você. É uma exigência muito grande em sua vida, especialmente a exigência de energia. É acordar às vezes quatro e meia da manhã, ou gravar até as quatro e meia da manhã, e fazer isso na mesma semana. Não tem muito sono. Tem muito stress porque a televisão se move em um ritmo incrivelmente rápido, e mesmo que tenha sido um ótimo ambiente de trabalho, você está tentando fazer um produto em um prazo bem intenso. Houve também muitas noites correndo na floresta agindo com medo, que tira muito do seu corpo. Então bem estar se tornou muito importante para mim nos dias que eu podia descansar. Nos finais de semana, se tornou importante para eu descobrir quando podia ter um sono extra e tentar não queimar a vela em ambas as extremidades, saindo com meus amigos. Mesmo que fosse difícil dizer não para esses convites, foi muito importante, porque as noites de sábado eram as únicas que eu tinha para mim.

Como o bem estar mudou desde que acabou PLL: Eu não mudei tanto quanto pensei. Meu corpo vem aproveitando muito o sono e não ter um alarme no celular. Eu sinto que honestamente não fiz isso em sete anos. Eu estou aproveitando deixar meu corpo acordar naturalmente e também ter um tempo para fazer exercícios diários. Eu sou uma pessoa que realmente gosta de ser ativa – eu gosto de estar ao ar livre. Às vezes acordar e ir direto para um set e trabalhar até ir para casa e apenas entrar em colapso na cama te deixa exausto, mas deixa sua mente ligada. Então vem sendo incrível poder ter um tempo para fazer yoga ou aulas de dança ou apenas sair com meus cachorros e ficar em silêncio.

Sobre filmar um vídeo sobre transtornos alimentares: Eu nunca tive a intenção de falar em público sobre minha experiência com a anorexia nervosa e a batalha que as pessoas com isso tem. Mas eu estava fazendo uma entrevista com a Seventeen dois anos atrás, e eles me perguntaram como minha vida era quando eu tinha 17 anos, e eu pensei comigo claramente, bom, eu posso mentir sobre isso ou contar a verdade para as pessoas. Isso foi muito importante porque os fãs da série são jovens mulheres, então eu sabia que teria um número deles que estariam lidando com distúrbios alimentares. Então eu pensei que seria importante falar sobre meu processo de recuperação e procurar o tratamento. E recentemente, eu queria fazer um vídeo sobre isso porque apoio e saúde mental foi uma grande parte do porque eu queria votar na Hillary Clinton nas últimas eleições. Embora tenha acontecido que ela não será nossa próxima presidente, foi uma coisa muito, muito importante para mim, fornecer tratamento para todos os americanos, e também tratamento mental, assim como tratamos a saúde física. Eu pensei que seria uma ótima maneira de apoiar a causa se eu falasse sobre minha própria experiência pessoal.

Porque eu amo acrobacia aérea: Eu sou uma pessoa muito ativa. Eu cresci na dança – minha mãe foi uma dançarina, e a dança sempre foi onde eu me senti mais livre. Eu tenho um grupo de amigos que foram artistas de circo, e eles me mostraram que você pode dançar no ar. Então eu fiquei meio, sim, porque não iria querer aprender isso?

Minha maior luta com o bem estar: Para ser honesta, porque eu tenho uma história complicada com comida, a maior luta diária é ter a certeza de manter uma dieta saudável. Mesmo que você fique vários anos na recuperação, mesmo que algumas pessoas apenas esqueçam de comer ou estejam muito ocupadas correndo para comer, é um stress significante no meu estado mental, e isso volta para alguns hábitos insalubres. Ter certeza que eu coma de uma maneira saudável e em uma agenda regular – e fazer das refeições uma atividade social e não apenas empurrar uma barra de proteína na minha cara no escuro apenas para ter certeza que tenho combustível – é minha maior luta com o bem estar.

Sobre mudar minha rotina de cuidados com o rosto sazonalmente: Uma das coisas que eu não sabia sobre até começar a trabalhar regularmente com minha maquiadora na série é – mesmo na Califórnia – a mudança entre verão e primavera, e outono e inverno, e os níveis de umidade da pele. Eu tenho que usar maquiagem de um momento muito cedo do dia até o fim dele, então quando eu tiro, é muito importante ter certeza que eu coloquei toda a umidade de volta na pele para que a maquiagem não retire e o tempo não estrague. Eu venho me divertindo muito desde que me juntei a Origins – eu sou uma grande fã deles. Eles tem esse hidratante de ginseng que é absolutamente incrível e tem extrato de café e ginseng. Mantem sua pele viva e hidratada. Coisas como essa são muito importantes para minha rotina de cuidados com a pele, especialmente no inverno.

Meu melhor conselho sobre bem estar: Apenas escute seu corpo. É uma prática diária, e precisa de muito silêncio e calma para realmente ouvir seu corpo – ouvir o que ele precisa para se nutrir e ouvir quando ele tem sede, e não apenas alimentá-lo com refrigerante ou café. Apenas dê água e cuide dele. Escute quando ele precisa esticar as pernas e andar no sol, e quando precisa de um dia para sentar no sofá.

Essa entrevista foi editada e condensada.

Fonte: The Cut

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas, Pessoal
21.12.2016

Troian fala sobre segredos de beleza e PLL

Troian concedeu uma entrevista para o site da revista Allure, onde fala sobre segredos de beleza, sua visita ao quartel da Burt’s Bees, PLL e sobre o que fará no Natal, agora que é uma mulher casada. Confira traduzido abaixo:

Entre gravar o final de Pretty Little Liars e seu recente casamento com o astro de Suits, Patrick J. Adams, Troian Bellisario teve um final de 2016 agitado. A maioria pode conhecer Bellisario como Spencer Hastings, a formal e cabeça dura personagem de PLL. E dado que Bellisario fez essa personagem por 7 anos – elas basicamente cresceram juntas – não é surpresa que ambas compartilham causas. Como sua personagem em PLL, Bellisario não teve problemas em tomar uma posição para conscientizar as pessoas sobre assuntos que ela se importa. No novembro passado, a atriz se abriu sobre sua luta contra a anorexia enquanto era adolescente em um vídeo produzido pela ATTN. No clip, Bellisario toca na importância de ter acesso ao tratamento das saúdes mentais. “Se eu tivesse me fechado falando de ‘não ter problemas reais’, eu não sei se estaria vivendo hoje. Eu só quero ter certeza que todos tenham as mesmas oportunidades de tratamento que eu tenho, e eu acho que temos que ter certeza que nosso governo invista nesses programas,” ela disse.

Bellisario também dá valor a proteção da vida selvagem e seus ambientes naturais. Ano passado ela se juntou ao Burt’s Bees para a campanha #BringBacktheBees para a conscientização da diminuição das espécies. Nós recentemente conversamos com a estrela sobre seu papel na Burt’s Bees, suas dicas de beleza e tudo sobre PLL.

Notamos no Instagram que você recentemente fez uma visita especial ao Burt’s Bees. Como foi?
Eu venho usando o lip balm do Burt’s Bees por muito tempo. Esse ano eles me perguntaram se eu queria fazer uma turnê pela sede. Eles até me perguntaram se eu queria fazer meu próprio lip balm o que foi absolutamente incrível. Foi muito divertido. Eu sou uma grande nerd da química, então eu estava no céu.

Lábios rachados são horríveis no inverno. Qual sua dica para os lábios no inverno?
Se manter hidratado. Meus lábios ficam muito secos se eu não tomar água. E aí ter certeza que você use os produtos que não os sequem de novo, tipo petróleo, o que deixam meus lábios rosa porque você tem que passar muitas vezes.

Quais são os 3 produtos de beleza que você não vive sem no momento?
Eu amo o lip balm original do Burt’s Bees. Eu também não vivo sem um bom creme de olhos. E se eu vou ser muito chique sobre isso, o La Mer The Eye Concentrate é o melhor que você pode comprar. Quer dizer, é feito de pérolas esmagadas, então você se sente como uma rainha sereia. E eu também amo uma boa máscara de carvão. Eu experimentei algumas feitas em casa pelos meus amigos. Eu acho isso muito importante para minha pele.

Agora para as perguntas sobre PLL. Queremos saber. O que podemos esperar se sua personagem Spencer, nos episódios finais?
Acho que vocês vão ver um lado da Spencer que nunca viram antes.

Você vem trabalhando com esse elenco por 7 anos. O que você vai mais sentir falta sobre a série?
Honestamente, de muitas maneiras, estar na TV pode ser muito sufocante. Você está no mesmo mundo fazendo a mesma personagem. Pode se sentir como se você estivesse fazendo várias coisas iguais repetidamente. Mas o que realmente começamos a explorar com os anos que se passaram foi a maravilhosa permissão artística. Porque eu fiquei tão confortável com meus colegas de elenco e os escritores, você não falha. Haviam muitas pessoas apenas felizes de estarem fazendo o que estavam fazendo.

Uma parte de estar em uma grande série como PLL é passar muito tempo fazendo cabelo e maquiagem. Você aprendeu alguma dica especial ou truque de maquiadoras e cabeleireiros – ou até de colegas de elenco?
Shay Mitchell me ensinou como fazer ondas de praia, e é o que eu faço com meu cabelo hoje em dia. Eu também aprendi sobre sombras, que é quando você pega um pouco da cor acima do olho e usa como uma linha no seu olho. Isso me deixou chocada mês passado.

Então, ouvimos rumores sobre um possível spin-off de PLL. Algum conhecimento sobre isso?
Não, mas eu sei que eles estão constantemente tentando fazer algo acontecer em forma de filme. Foi algo que falamos sobre, mas a última coisa que ouvi é que não teve movimento. Mas não quer dizer que está morto.

Última pergunta. Quais são suas tradições de Natal favoritas?
Eu cresci fazendo Natal em Los Angeles, porque é de onde eu sou, mas nos últimos anos eu fui para o Canadá para passar um tempo com meu até então, noivo. Esse ano, estaremos fazendo uma festa de Natal. Estamos tentando convidar vários de nossos amigos e ter certeza que eles terão um local para jantar, o que é infeliz para mim porque eu não sei cozinhar. Então, tenho muito o que aprender.

Fonte: Allure

Publicado por   |   Armazenada em: Beleza, Entrevistas, Pessoal, Pretty Little Liars